Sobre a programação de 2012

Para a programação de 2012, a Associação Chico Lisboa selecionou através de edital, exposições inéditas que refletem e expressam de forma independente e experimental, projetos de arte contemporânea que serão apresentados na Chico Lisboa – Espaço Cultural.

Além do edital, este ano, a agenda da Chico Lisboa inicia um novo projeto de exposição que vai destacar e valorizar grupos, coletivos ou ações de arte, que organizados de forma colaborativa demonstram que artistas integrados conseguem chegar ao seu público e que, coletivamente, existe a possibilidade de propor soluções para a circulação, a difusão e inserção no sistema das artes.

A primeira ação a ser apresentada será a DESVENDA que tem a organização do artista visual Rodrigo Lourenço que iniciou suas atividades na Travessa Venezianos promovendo uma Feira de Arte Contemporânea com a produção de jovens artistas locais. Um momento de relevância da comunidade artística que estimulou outras ações e coletivos. A feira acontecia todos os primeiros domingos do mês e hoje mantém um formato itinerante, circula em outros centros e espaços de arte de abrangência nacional com projeto mais amplo de divulgação de artistas de nosso estado e de integração com coletivos de todo o país.

Pintura de Guido Modin

Em 2012 estaremos comemorando o centenário de nascimento do artista plástico, empresário e político, Guido Mondim Filho com a realização de uma exposição que terá a participação de artistas contemporâneos que farão releituras de sua obra com a curadoria de Ana Zavadil, do Departamento Cultural da Chico Lisboa. Guido Mondim Filho foi presidente da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa e responsável pela realização dos primeiros salões de Artes Plásticas em Porto Alegre, nos anos de 1938 a 1960, consolidando, na época, a Chico Lisboa como uma das mais importantes instituições fomentadoras e articuladoras das artes plásticas e do movimento cultural no Estado do Rio Grande do Sul.

 

 Leia também:

Deixe uma resposta