Breve explanação sobre a obra

Marquei na pele é um projeto que compreende a criação de um ensaio fotográfico e um vídeo experimental, inspirado no ensaio fotográfico “Feito Tatuagem” do fotógrafo Sergio Santoian e da artista plástica Louise Helène, utilizando como modelo Guilherme Abreu que tem seu corpo pintado com a palavra “viado” escrita de formas e ângulos diferentes, o ensaio foi realizado no dia 1 de agosto de 2021, na sala de um apartamento localizado no bairro Tijuca em Alvorada em um estúdio improvisado, utilizando uma Canon T100, um pano preto na parede e um set light de luz quente. 

Possuímos muitas características, muitas delas são mutáveis, mas somos condenados pela única que não podemos mudar, marcada na pele como uma tinta permanente, ela é aquela que nos move e nos faz pertencentes a nós mesmos, esse ensaio busca ser um retrato de uma estrada que para muitos é só uma estrada comum, mas para a comunidade LGBTQIA+ é uma incerteza, pois vivemos à mercê dos perigos constante escondidos no meio do caminho. Esse projeto fala sobre uma sociedade adoecida que julga nossos corpos pelo simples fato deles seguirem a natureza da sua existência. 

Através de um processo de ressignificação, pegamos palavras que são utilizadas comumente como ofensas e as transformamos em um grito de resistência, marcamos com tinta no corpo para dizer que não se pode apagar o que se é, não se pode modificar o que nascemos para ser.

Série Marquei na Pele, Imagem 01, Fotografia, 2021

Currículo

BRUNA ABREU (Porto Alegre/RS, 1993) é uma realizadora audiovisual, escritora, educadora social,tecnóloga em Produção Audiovisual (ULBRA) Estudante do curso de tecnologia em produção Multimídia (IFRS) em mbito de pesquisa se interessa por arte contemporânea, com ênfase em cinema, música, articulações em arte, política e sexualidade, trabalha como Educadora social no projeto Cascata Cultural, estagiária no escritório de projetos esportivos Virando o Jogo. Vive em Alvorada, trabalha em Alvorada e Porto Alegre.
Desde 2014 participa de projetos audiovisuais e fotográficos, dentre os quais se destacam Videoclipe Flow Alaba (Porto Alegre 2020) Ensaio de uma Drag em quarentena (Alvorada 2020) Ensaio Meu corpo minha morada (Alvorada 2020) Videoclipe Não é um conto de fadas (Alvorada 2017) Dois por Dois (Canoas 2015) Social o filme (Alvorada 2015) Liz e o último Bandeide (Canoas, 2014) Silêncio Preciso te entender (Canoas 2013)

Exposições: Marquei na pele (Galeria Aberta, 2021)

Premiações: SET universitário Melhor animação (2015)

Ficha técnica

Série Marquei na Pele

Imagem 01, 2021
Fotografia, Dimensões variáveis