Sinopse

A opressão é herdada?

Silêncios carregados de história levaram ao vômito catártico que mistura imagens de arquivo e captações poéticas à narração do filme “Sintomático”. Para além de uma obra artística, ele se constrói enquanto objeto vivo detentor de verdades subjetivas.

Currículo

Marina de Souza Pessato, 19 anos, é graduanda do 4° semestre do curso de  Produção Audiovisual da PUCRS. Também é co-fundadora e membro do Comitê Teccine Plural (CTP), grupo acadêmico formado por discentes e docentes em prol  do debate e reflexão sobre questões relacionadas à diversidade (ou a falta dela) no  meio audiovisual – seja na academia ou no mercado.

Dentre alguns curtas metragens produzidos durante o curso, realizou o documentário ensaístico “Sintomático” (2021), o qual tem percorrido festivais nacionais como o 5° Metrô  – Festival do Cinema Universitário e o 20° NOIA – Festival do Audiovisual  Brasileiro.

Nascida em Porto Alegre em 2002, morou a maior parte de sua vida no  interior do estado, em uma pequena cidade chamada Ibirubá – a qual é inspiração para seu filme. Ao começar o curso de cinema, retornou à Porto Alegre.

Ficha técnica

Ano: 2021
Duração: 4min